Quais os tipos de demissão?



Se você vai sair do seu emprego é importante se informar sobre o acerto demissão, já que o processo muda conforme o tipo de demissão, a qual pode ser por justa causa, sem justa causa ou pedida pelo colaborador.


Para garantir todos seus direitos, os trabalhadores devem conhecer os tipos de acerto de demissão que existem e como eles funcionam. Então, veja abaixo cada uma das três formas de demissão:

Na demissão com justa causa o trabalhador perde a maioria dos direitos trabalhistas, já que este tipo de demissão acontece quando o funcionário fez algo considerado grave. Assim, o trabalhador só receberá as verbas por direito adquirido, como, por exemplo, as férias vencidas e o saldo do salário.

Já na demissão sem justa causa o trabalhador recebe todos seus direitos, sendo que o empregador não precisa explicar o motivo da demissão. Os direitos garantidos para quem é demitido sem justa causa são: aviso prévio; 13º e salário proporcionais ao período trabalhado; férias vencidas e um adicional de 1/3 sobre elas; comissões, horas extras, gratificações, prêmios e adicional noturno, se houver; saque do FGTS com mais 40% de indenização; seguro-desemprego; e indenizações adicionais, se estiverem previstas no acordo coletivo de trabalho.

Quando a demissão é solicitada pelo trabalhador, este deverá fazer o pedido através de uma carta e trabalhar por 30 dias como aviso prévio remunerado. Quanto aos direitos de quem pede demissão, estes são: receber o valor correspondente às férias e 13º salário proporcionais ao período trabalhado e os valores de horas extras, se houver.


COMPARTILHAR