Quais profissões devem receber o adicional de insalubridade?



As atividades consideradas insalubres são as que expõem o trabalhador a agentes causadores de doenças. Há uma lista, criada pelo Ministério do Trabalho, com a relação de atividades consideradas insalubres.


Para receber o adicional de insalubridade, a profissão deve estar na lista do Ministério do Trabalho, além de estar em um contexto de risco acima dos limites de tolerância, também definidos pelo Ministério do Trabalho. Para comprovar insalubridade ou periculosidade em seu trabalho, é necessário que seja feita uma perícia por um profissional escolhido de acordo com a Norma 15.

Agora, veja abaixo quais fatores permitem que os profissionais recebam o adicional de insalubridade:

Profissionais que trabalham em ambientes com ruído constante ou intermitente; que atuam expostos ao calor excessivo, como, por exemplo, perto de caldeiras ou fornos; expostos a radiações ionizantes, como os profissionais que trabalham com equipamentos de raio-x; em condições hiperbáricas, como no caso de mergulhadores, que trabalham em um ambiente com maior pressão do que a pressão atmosférica; em ambientes úmidos; com exposição excessiva ao frio; expostos à vibração; e expostos à agentes químicos, agentes biológicos e poeiras minerais.


COMPARTILHAR